Produtividade do brasileiro deve crescer após anos de queda. Pelo menos é a projeção da consultoria Tendências, que indica o esboço de uma reação após cair 6,45% nos últimos seis anos. Essa recuperação projetada de 0,5% é resultado de uma combinação de três fatores, de acordo com a consultoria: o chamado “darwinismo econômico”, que expõe empresas e funcionários ineficientes à falência e ao desemprego durante a recessão; a melhoria de processos forçadas nas empresas pelo cenário econômico; e juros e inflação convergindo para mínimas históricas.

Banco Central mantém projeção de inflação em 3,8%. O número, publicado no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) bate com a projeção mais recente do Comitê de Política Monetária, mas contraria a previsão de dezembro, que esperava alta do índice oficial de inflação de 4,2%. A expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) também manteve-se a mesma da anunciada em dezembro passado: 2,6%. A diferença, no entanto, é que o BC mudou suas expectativas para diferentes componentes do índice. A expectativa para a pecuária, por exemplo, passou de -0,4% para 0,3%.

Nova lei trabalhista faz cair pela metade ações abertas na Justiça. O número caiu de 571 mil para 295 mil em relação ao mesmo período de três meses do ano passado. Além disso, os pedidos de indenização por dano moral ou adicional de insalubridade e periculosidade sumiram. O fenômeno acontece porque a nova lei determina que, em caso de derrota do trabalhador, ele deverá arcar coms os honorários dos advogados da empresa processada. A gratuidade das ações para quem tem salário mensal acima de R$ 2,2 mil também foi extinta.

M.Officer corre risco de ficar dez anos sem operar em São PauloA grife foi condenada a pagar R$ 6 milhões por explorar trabalhadores em condições análogas à escravidão. A companhia ainda pode reverter a decisão no Tribunal Superior do Trabalho (TST) e no Supremo Tribunal Federal (STF), mas as chances são mínimas. O Ministério Público do Trabalho (MPT), autor da ação civil, irá pedir a cassação do registro de ICMS da M.Officer, impedindo a marca de operar no estado de São Paulo por uma década. Seria a primeira aplicação da Lei Paulista de Combate à Escravidão.

Investir em diversidade gera crescimento adicional. As empresas que apostarem em igualdade de gênero podem crescer 3,75% mais, segundo estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Relações Empresariais Internacionais (Ibrei), em parceria com a Lógica Soluções Analíticas. Os pesquisadores chegaram a essa conclusão baseados em um formulário enviado para mais de 50 mil pessoas, entre funcionários e CEOs de empresas. Para alcançar o crescimento, as empresas precisam de equipes com 50% de mulheres, comissão interna focada em planejar e implementar ações para estimular a diversidade, e metas para estimular a progressão destas ações. 

Fonte: Boletim Linkedin