O desenvolvimento de ações em Ciência, Tecnologia e Inovação na área de energias renováveis no estado é o foco do mais novo artigo técnico publicado pelo Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec). O texto apresenta a infraestrutura do Núcleo de Energias Renováveis e Eficiência Energética de Sergipe (Nerees), com destaque para o suporte em pesquisas sobre biomassa e energias solar e eólica. O artigo dá continuidade à série iniciada pelo Parque, com o propósito de estimular o debate entre pesquisadores e agentes públicos e privados ligados ao setor de energias.

A publicação é assinada pelo gestor de Energia do SergipeTec e coordenador do Nerees, Marcos Sobral, e pela pesquisadora do Núcleo, Samia Maciel. O artigo completo pode ser conferido no site do SergipeTec, por meio do link https://sergipetec.org.br/artigos-tecnicos/. No mesmo local, é possível visualizar também os dois textos lançados anteriormente, que abordam o projeto do Atlas Eólico de Sergipe e os estudos sobre o uso do hidrogênio verde.

Confira a prévia do artigo:

  1. INTRODUÇÃO – Projeto Estruturante II

A Agência Internacional de Energia observa que o desenvolvimento e implantação de tecnologias de eletricidade renovável devem continuar a ser considerados em níveis recordes, mas políticas governamentais e apoio financeiro são necessários para incentivar implantações ainda maiores de eletricidade limpa (e infraestrutura de apoio) para fornecer ao mundo uma chance de atingir seus objetivos climáticos líquidos zero [1].

Com esse objetivo, em 2007 a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) que é uma Agência pública que financia a inovação, desde a pesquisa básica até a preparação do produto para o mercado, lançou o CONVITE AOS ESTADOS – MCT/FINEP/Ação Transversal – PROJETOS ESTRUTURANTES DE C,T&I – 12/2007, com o objetivo de selecionar propostas para apoio financeiro à execução de projetos de pesquisa básica e aplicada e de desenvolvimento tecnológico, de natureza multidisciplinar, que tinham caráter estruturante para o Sistema de C,T&I (Ciência, Tecnologia & Inovação) no Estado de Sergipe e que estivessem em consonância com o planejamento estratégico de C,T&I de cada Estado do país.

A partir deste convite, o Estado de Sergipe apresentou proposta para implementação de projetos estruturantes nos sistemas estaduais de C,T&I [2]. O Estado foi aprovado na seleção e formalizou o Convênio nº 01.08.0498.00, nomeando de Projeto Estruturante de C,T&I do Estado de Sergipe – CTISE 2008, com aporte de recursos da FINEP e do Governo do Estado.

Para continuar lendo, acesse o link.