Nova linha da fábrica tem investimento de R$30 milhões e representa acréscimo de 50% na produção

Especializada na produção de artigos de cama e banho, a empresa Altenburg deve inaugurar uma nova linha de produção em Sergipe ao final de outubro. A fábrica, que se localiza em Nossa Senhora do Socorro e é contemplada pelo Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), recebeu nesta segunda-feira (16) a visita do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, José Augusto Carvalho, e do diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), José Matos.

A visita teve o intuito de acompanhar o andamento da construção e das instalações da empresa, com investimento equivalente a R$ 30 milhões e área construída de 18 mil m². Atualmente, a Altenburg já possui um galpão concluído, com matéria-prima disponível para produção, além de outro espaço em fase de conclusão. Neste, deverá ser produzida a nova linha da empresa, que conta em seu portfólio produtos como edredons, colchas, roupas de cama, protetores, travesseiros e toalhas. A expectativa é de que a nova linha represente um acréscimo de 50% na produção mensal.

Com a nova linha, a estimativa é de que sejam integrados cerca de 400 funcionários à fábrica. Pensando no bem estar deles, o diretor-presidente da empresa, Rui Altenburg, enfatizou que “toda a estrutura do local foi pensada para o fluxo dos colaboradores. Por exemplo, as escadas, que são leves e com os degraus mais baixos que a média, para proporcionar fácil acesso”.

Competitividade

De acordo com o secretário José Augusto Carvalho, a redução do ICMS é um recurso oferecido pelo Governo do Estado que vem resultando em competitividade industrial no território sergipano, beneficiando empresas como a Altenburg. “Quando a indústria importa o equipamento e o utiliza por quatro anos, ela fica suspensa do pagamento do ICMS. Em outros estados isso não acontece, então proporcionamos essa vantagem para as empresas situadas aqui em Sergipe. É uma iniciativa que visa atrair a implantação e expansão de empresas como a Altenburg e tantas outras”, explicou.

O diretor-presidente da Codise salienta a importância do PSDI para o fortalecimento do setor industrial em Sergipe. “Os incentivos fiscais e locacionais oferecidos pelo Governo de Sergipe por meio do PSDI vem possibilitando que as empresas se instalem de forma acessível, com redução tributária e custos em conta no aluguel ou compra de imóveis. É o caso da Altenburg, que está presente no Estado há 10 anos e hoje chega a uma nova fase”, destacou.

A visita contou ainda com as presenças do gerente da Altenburg, Roberto Zamprogna; do vice-prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Manoel do Prado Franco Neto, do secretário de Indústria e Comércio de Socorro, Luiz Carlos Monteiro Nascimento; do superintendente do Banco do Nordeste, Antônio César de Santana, e do diretor de Novos Negócios da Codise, Luiz Mário.