Última atualização em 17/01/2023 às 09:48:56

Parceria com a Bielorrússia ratifica o compromisso do Governo de Sergipe com a geração de emprego e com o desenvolvimento do estado

De Brasília, no Distrito Federal, onde participará de reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Fábio Mitidieri coordenou reunião com secretários de Estado, o embaixador da Bielorússia, Sergey Lucashevich, e o empresário Paulo Braga sobre implantação de fábrica de tratores em Sergipe. Foi dado início às tratativas para instalação da planta com apresentação das condições fiscais, de apoio estrutural e linhas de crédito do Banese.

Com apoio do vice-governador Zezinho Sobral, Fábio acompanhou e ratificou o compromisso com a geração de emprego e com o desenvolvimento do estado ao falar sobre a parceria com a Bielorússia.

“Todo o Brasil acompanhou estarrecido o ocorrido de ontem. O Fórum de Governadores solicitou a presença de todos, por isso não estou presencialmente neste encontro. Quero desejar boas-vindas e que possamos realizar com sucesso essa parceria com a Bielorússia. Gerar emprego é nosso principal foco no governo e já iniciamos buscados parceiros”, disse.

A ideia é que Sergipe receba uma fábrica de tratores da Bielorússia. Grande parte da economia do país do Leste Europeu, cerca de 40% do Produto Interno Bruto (PIB), deve-se à indústria automotiva e de máquinas e implementos. A parceria consiste na importação de itens e equipamentos por parte da empresa Maquigeral Energia, do empresário Paulo Braga, com montagem na unidade sergipana. A expectativa é que sejam gerados até 300 empregos de forma direta e três mil de forma indireta.

Paulo Braga pontuou que a atuação ágil do governador foi determinante para a escolha do estado. “A ideia é colocar a cadeia produtiva dentro do estado. Sergipe foi escolhido pela atuação do governador e de sua equipe, pela agilidade em fazer o convite e apresentar as condições como mão de obra qualificada, boa localização para escoamento e recebimento de material. Ainda hoje, visito os bancos do Nordeste e de Sergipe e vou visitar as áreas”, informou.

O ambiente favorável a negócios também foi elogiado pelo embaixador da Bielorússia, Sergey Lucashevich. “Estamos com nossa comitiva para fechar negócios porque Sergipe é um estado com boas condições. Quero expressar nosso apoio a esse projeto e parabenizar o governador pela rapidez em fechar a parceria”.

“O que Sergipe faz agora é intensificar esse trabalho de condições de atração de investimentos para fazer valer o plano de governo de Fábio, que é exatamente captar recursos, atrair investimento, desenvolver o estado e gerar emprego”, disse Zezinho Sobral.

Maquigeral

A empresa Maquigeral tem cinco fábricas de tratores na América Latina. Na unidade sergipana, a ideia é produzir mini tratores de potência de 40 a 150hp. O investimento será de R$ 116 milhões e inclui abertura de franquias, de redes autorizadas, construção de fábrica.

PSDI

O Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI) é um instrumento de promoção do desenvolvimento socioeconômico do Estado, através da concessão de incentivos e estímulos a empreendimentos. Por meio dele, é ofertado cinco tipo de apoios: fiscal, creditício, locacional, financeiro e de infraestrutura e já foram atraídas 500 indústrias nos ramos de confecção, têxtil, calçados, óleo e gás, alimentício.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Valmor Barbosa, reforçou que a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) está à disposição do empresariado e da Embaixada Bielorrússa, a fim de oferecer mais esclarecimentos e visitar os locais de possíveis interesses para instalação de empreendimentos. “Podemos também celebrar um protocolo de intenções para formalizar esse trabalho, que será muito positivo para a economia sergipana”, frisou.

Presenças

Acompanharam a reunião os secretários de Estado da Casa Civil, Jorginho Araújo; de Desenvolvimento Urbano, Luiz Roberto; da Fazenda, Sarah Tarsila; da Agricultura, Zeca da Silva.