Última atualização em 17/05/2024 às 07:48:02

Reunião ocorrida nesta segunda-feira, 1º, foi o pontapé inicial sobre o tema

Operações de importação e exportação foram o foco de reunião realizada nesta segunda-feira, 1º, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec), quando foram discutidas estratégias e analisados possíveis gargalos para viabilizar a operação de contêineres no Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), localizado na Barra dos Coqueiros.

Na ocasião, o gestor da Sedetec, Valmor Barbosa, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Ronaldo Guimarães, acompanhados do secretário-executivo da Sedetec, Marcelo Menezes, e do assessor jurídico, Daniel Fabrício, reuniram-se com o executivo da Continental Corporation e representante do Fórum Empresarial, Maurício Gonçalves.

Durante o diálogo inicial, foi discutida a possibilidade de operação, primeiramente por DTA, um processo logístico que envolve a utilização do Documento de Trânsito Aduaneiro (DTA). Por meio dessa operação, é possível o transporte de mercadorias em contêineres de um ponto de origem para um destino específico dentro do país. Assim, seria possível, por exemplo, que o TMIB recebesse containers advindos dos portos de Salvador e Maceió, para serem liberados.

“Este é um anseio antigo que o Governo do Estado e a Sedetec buscam colocar de pé e encontrar alternativas para viabilizar. A utilização do DTA permite uma movimentação mais ágil e simplificada das mercadorias, pois evita a necessidade de realizar o despacho aduaneiro completo em cada etapa do trajeto, proporcionando mais agilidade e menos custo para as empresas envolvidas”, explicou o secretário Valmor Barbosa.

Segundo Maurício Gonçalves, o objetivo do setor empresarial é identificar as oportunidades para o Estado e caminhar junto com o governo para que todos entrem na mesma linha, contribuindo para o desenvolvimento de Sergipe.