Última atualização em 17/05/2024 às 07:48:02

Celeo Redes arrematou lote 6 no Leilão de Transmissão de Energia, realizado em junho de 2023, pelo MME

Nos próximos anos, Sergipe receberá novas linhas de transmissão e, com o objetivo de estreitar relações entre a Celeo Redes, que fará a construção dessas linhas, e o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), reuniu-se com a empresa na manhã desta segunda-feira, 1º.

A Celeo Redes arrematou o lote 6, ficando encarregada de construir uma linha de transmissão de 500kv que conectará a subestação de Xingó, em Sergipe, ao polo industrial de Camaçari, na Bahia.

“Essa linha tem 355 quilômetros, e alguns municípios no estado de Sergipe serão contemplados, como por exemplo Canindé de São Francisco e Poço Verde. Nós estimamos investimentos de mais de R$ 1 bilhão, e isso gerará, ao todo, mais de 1.200 empregos no pico da obra. Sergipe está sendo contemplado com aproximadamente 30% do traçado dessa linha, e a gente espera que, uma vez realizado o licenciamento ambiental, o início das obras ocorra a partir de novembro deste ano”, explicou o diretor de Novos Investimentos da empresa, Marcelo Lima

Ainda segundo Marcelo Lima, o objetivo da empresa é que a linha esteja pronta em 2026, antecipando em quase dois anos prazo de entrega estimado pelo Ministério de Minas e Energia (MME), e objetivando prover segurança energética mais adequada para o estado de Sergipe. “Teremos canteiros de obras localizados nos estados da Bahia e em Sergipe, para que seja feita de maneira concomitante, tanto os trechos, quanto os processos de regularização fundiária e licenciamento ambiental. Temos um plano de obras dividido em trechos para que a obra ocorra de forma mais célere possível”, completou.

Durante a reunião, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, Valmor Barbosa, ressaltou o trabalho que vem sendo feito pelo governo para promover segurança energética para o estado. “Participamos de reuniões do Consórcio Nordeste e estivemos também no Ministério de Minas e Energia, tratando sobre a necessidade de novas linhas de transmissão para Sergipe. Ficamos muito satisfeitos com o encaminhamento deste projeto e aguardamos novos leilões em que Sergipe possa vir a ser beneficiado”, destacou.

O secretário ainda falou sobre ações de incentivo à geração de emprego. “Quero deixar nossa equipe à disposição da empresa e manter este diálogo aberto. A política do governo é de fomento ao emprego, e nós temos um programa muito forte aqui, que é o Primeiro Emprego, que muitas empresas têm aderido e sido parceiras para absorção de mão de obra após a capacitação dos trabalhadores”, lembrou.

O presidente da Codise, Ronaldo Guimarães, falou sobre os incentivos estaduais ofertados pelo Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI). “O PSDI é um importante instrumento de atração de investimentos, fundamental para o desenvolvimento econômico do nosso estado, geração de emprego e renda para a população sergipana”, pontuou.

Também estiveram presentes na reunião o secretário-executivo da Sedetec, Marcelo Menezes, e o diretor de Novos Negócios da Codise, Gibran Boaventura.