Última atualização em 17/05/2024 às 07:48:02

A ApexBrasil promove produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros

Durante esta semana, o Governo de Sergipe esteve em Brasília visando fortalecer a parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) para atrair novas indústrias para o estado. A visita foi realizada pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), através da Diretoria de Novos Negócios.

A ApexBrasil atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. O encontro reuniu o diretor de Novos Negócios da Codise, Gibran Boaventura, o diretor corporativo da Apex, Floriano Pesaro, e a diretora de negócios da Apex, Ana Paula.

“A aproximação institucional da Codise com a Apex é muito importante para contribuir com o impulsionamento industrial de Sergipe e possibilitar mecanismos de apoio a exportação dos produtos fabricados em nosso estado, atraindo mais investimentos, novos negócios e fortalecendo a indústria sergipana”, destacou o diretor de Novos Negócios da Codise, Gibran Boaventura.

O Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI) é um dos mais atrativos programas do Brasil para empresas, como reforça o presidente da Codise, Ronaldo Guimarães. “A união com a Apex melhora o poder de atração do estado para vinda de novas indústrias através das nossas vocações, energia, ambiente de negócio e o PSDI, que oferta incentivos fiscal, locacional e de infraestrutura”.

Além disso, o encontro também teve o objetivo de alinhar a realização de uma exposição dos produtos industriais sergipanos para o mercado internacional, como explica o presidente da Codise, Ronaldo Guimarães. “Nós estamos trabalhando junto com essa importante agência federal para a construção de uma grande feira com os industriais de Sergipe. O objetivo é expor o que o estado produz em suas indústrias para que a Apex possa fazer a atração de compradores internacionais”, completou Ronaldo.