Última atualização em 17/05/2024 às 07:48:02

Companhia apresentou levantamento topográfico de área, que poderá receber a instalação de 50 indústrias

O Governo de Sergipe deverá criar um novo núcleo industrial no município de Tomar do Geru, na região do sul sergipano. A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), elaborou o levantamento topográfico da área e apresentou para o prefeito do município, Pedrinho Balbino. O núcleo levará o nome de Berta Carvalho.

A criação da área industrial visa atrair empresas, gerar empregos e fortalecer a economia local, como destaca o presidente da Codise, Ronaldo Guimarães. “Ações voltadas para a interiorização da indústria fazem parte do plano do governador Fábio Mitidieri. A criação do núcleo industrial promoverá mais desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda na região”, ressaltou o presidente da Codise.

O prefeito Pedrinho Balbino destacou as vocações industriais do município e os próximos passos do projeto: a busca de parcerias no Senado Federal para a destinação de recursos, a fim de que seja iniciado o processo de infraestrutura do projeto. “Estamos vocacionados para a área agrícola e também de confecções. A política de interiorizar a indústria, do governador Fábio Mitidieri, faz com que descentralize o emprego dos grandes centros, para que os pequenos centros comecem a ser valorizados”, apontou.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Valmor Barbosa, a criação desse núcleo é uma iniciativa fundamental para impulsionar o desenvolvimento da região. “Buscaremos atrair, junto à Codise, os investimentos para Tomar do Geru, com o objetivo de promover o desenvolvimento para o município e, consequentemente, para o estado de Sergipe”, pontuou.

Área do futuro núcleo industrial

No levantamento topográfico, constam a localização e mapeamento das características do terreno, que possui 100 mil metros quadrados de extensão. A perspectiva é a instalação de 50 indústrias, com uma área individual de dois mil metros quadrados para cada. A área foi doada pela Prefeitura de Tomar do Geru para a Codise, por meio da Lei n° 749/2023.

A área doada ao Estado fica localizada no imóvel rural denominado Fazenda Cardoso. De acordo com a lei, os empreendimentos que forem instalados na região deverão estar vinculados ao Programa Sergipano de ao Desenvolvimento Industrial (PSDI). O programa estadual visa estimular a economia e atrair novos negócios através da concessão de incentivos, podendo ser fiscal, locacional e/ou de infraestrutura.

Também participaram da reunião de apresentação do levantamento topográfico o diretor de Novos Negócios da Codise, Gibran Ramos, e o coordenador do departamento de Engenharia da Codise, Walter Castro.